Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Saída da Caixa

"Assim como a flor de lótus, todos temos a habilidade de crescer a partir da lama, florescer na escuridão e irradiar a nossa beleza ao mundo"

"Assim como a flor de lótus, todos temos a habilidade de crescer a partir da lama, florescer na escuridão e irradiar a nossa beleza ao mundo"

13
Out21

Já arrumaste as gavetinhas hoje?

publicado por Tânia Teixeira

Podia ser um título de um livro, podia ser o título de uma palestra mas, de facto, é apenas um título de um texto, cujo tema me toca particularmente: a Saúde Mental.

Como vai a tua cabecinha? Tens as gavetinhas arrumadas? Pensas demasiado? Sentes a tua mente conectada ao teu corpo de forma harmoniosa? Tantas perguntas poderia estar eu aqui a fazer, e todas elas seriam poucas. 

Muito se tem feito pela saúde mental, mas acredito que o caminho ainda é longo, cabe a cada um de nós contribuir para que este tema deixe de ser visto como um "bicho papão".

Este é daqueles assuntos, com os quais lido há muito, e por isso, é um dos temas que não me canso de falar. Toca-me não pelo seu nome pomposo, mas pelo estigma que ainda lhe está asssociado, e do qual também sofri. 

Ninguém pede para sofrer de depressão, ninguém quer viver a vida de forma aceleradíssima e em stress constante, ninguém gosta de ser apelidado de "maluco", só porque as ferramentas para gerir/viver as emoções, foram ausentes ou escassas. Mais empatia, precisa-se, claramente. 

Ninguém quer sofrer de um problema mental, porque foge aos padrões ditos normais, e até aceitáveis da sociedade, e por isso quando algo do género nos bate à porta, queremos sacudir como se de uma camada de pó se tratasse, em que através de um sopro ele voa para longe. Lamento... mas quanto mais sacudimos, mais o pó se entranha, e enquanto não aceitarmos isto, a vida colocar-nos-á, mais e mais pó em cima.

Ninguém quer ter este bicho como animal de estimação, ninguém quer dar colo às dores de crescimento, necessárias para atingirmos um nível superior. Desenganem-se os que ainda pensam, que problemas de saúde mental são unicamente para os fracos. Felizmente, todos somos dotados, desta "máquina" maravilhosa chamada cérebro, e por isso, qualquer um de nós pode sofrer de um distúrbio deste género.

Se estás a passar por uma fase menos boa, lembra-te que não estás sozinho(a), há sempre alguém que te pode ajudar. Pedir ajuda é um ato de humildade e um ato de amor próprio, é um ato que te engrandece e não diminui. 

 

358_1393.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub